campanha_jurozerotp

Máscaras PFF2 passam a ser fabricadas em tamanho infantil

Com a volta às aulas presenciais, muitos pais têm procurado esse modelo de máscara.

Por Portal Celeiro em 01/08/2021 às 06:59:00
Foto: Canguru News | Reprodução

Foto: Canguru News | Reprodução

Com a reabertura das escolas no segundo semestre, em grande parte do país, muitas instituições têm solicitado a máscara infantil PFF2 ou cirúrgica para os alunos que passarão a frequentar as aulas presenciais. A orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria é que crianças a partir de dois anos de idade usem o equipamento de proteção.

Até pouco tempo atrás, não existiam máscaras infantis PFF2, mas a orientação de especialistas era que, se necessário, esse modelo poderia ser usado pelas crianças em tamanhos menores de adulto, desde que bem ajustado ao rosto. Recentemente, porém, a Ekomascaras, fabricante de PFF2 adulta, começou a produzir uma PFF2 infantil, em diversas cores, sendo indicada para crianças a partir de 3 anos de idade. Segundo o site "PFF para Todos", a versão infantil da PFF2 da Ekomascaras foi certificada com o "Tamanho P", recebendo certificado de aprovação (CA), número 46.033, junto ao Ministério do Trabalho.

"No início da pandemia, por falta de equipamentos de proteção individual (EPI), foi recomendado que as crianças usassem máscaras de pano. Agora, com a disponibilidade das máscaras PFF/N95 é válido oferecê-las às crianças e aos adolescentes. Na maioria das vezes são até mais confortáveis e se adaptam melhor ao rosto", avalia Adyleia Contrera Tora, professora doutora de pediatria com ênfase em pneumologia pediátrica, da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ela ressalta, no entanto, a importância do equipamento apresentar certificado que comprove os padrões de segurança de sua confecção.

Máscaras infantis estampadas, no modelo PFF2, são encontradas em diversos sites de venda na internet, contudo, nas informações técnicas não há referência a certificado ou selo da Anvisa. Nos comentários de avaliação da máscara, pais avisam que o produto não possui certificado da Anvisa e que, na embalagem, é informado que o mesmo não pode ser usado em ambiente hospitalar. Muitos pais também comentaram que essas máscaras são indicadas para crianças menores, de até 4 anos, embora isso dependa do tamanho de cada um. "Sem o certificado da Anvisa não podemos ter certeza se a proteção realmente é a que se espera de uma PFF2", destaca a professora de pediatria.

A máscara PFF2, sigla que significa "peça facial filtrante", é semelhante à N95, produzida nos Estados Unidos, e ambas oferecem maior capacidade filtrante e de vedação, sendo indicadas para uso em locais fechados e ou com maior risco de transmissão da Covid-19.

Fonte: Verônica Fraidenraich | Canguru News

Comunicar erro
sbinvestimentos

Comentários

confiarcont
anuncie1novo
guiafw