66anosportela

Coluna Poeta Feiticeiro: O Último copo

Hoje é dia de poesia no portal Celeiro. Dia de POETA FEITICEIRO.

Por Poeta Feiticeiro | Jorge da Luz em 20/07/2021 às 07:54:32

Hoje é dia de poesia no portal Celeiro. Dia de POETA FEITICEIRO.

Descia que era um colosso

Suave, mais grave e, no osso

Medindo a medida do enclave

Chegando à altura do endosso

O gole só abre o entrave

Num giro que abre meu fosso

-

Trincheira que acolhe o fossado

Recobre um golpe melhor

Guerreiro que entra prostrado

Tem chances de um clima pior

O aceite de si no princípio

Evita a ressaca maior

-

Não quero ser muito entendido

O calejo é pouco que eu sei

O amor é um grande perigo

Tem aroma que sempre frisei

Nesse último copo de agora

Há memórias que nunca apaguei


Fonte: Poeta Feiticeiro | Jorge da Luz

Comunicar erro
sbinvestimentos

Comentários

saojorge
confiarcont
anuncie1novo
guiafw